Coronavirus boa imagemRegiões brasileiras já chegaram a um cenário tão crítico em seus sistemas de saúde por causa da covid-19. Por causa disso, especialistas defendem a necessidade de uma maior restrição da circulação de pessoas e até "lockdowns”. A repórter Juliana Gragnani, da BBC Brasil, explica em reportagem publicada no início do mês, quais são os sete erros que, segundo eles, empurraram o país para esse caminho. Ao invés de o País ter encontrado um caminho, ao entrar no terceiro mês da pandemia, não há uma luz no fim do túnel, ao contrário. Já há um consenso, até internacional, de que o governo, batendo cabeça com os estados e municípios, não sabe o que fazer na crise.

Segundo a BBC Brasil, "Regiões brasileiras chegaram a um cenário tão crítico de calamidade dos sistemas de saúde por causa do coronavírus que a única saída agora seria uma maior restrição da circulação de pessoas e até "lockdowns", de acordo com especialistas."

"Lockdown" é o termo em inglês para confinamento ou isolamento compulsório, e pode ter diferentes graus de rigor, da restrição maior de transporte público e privado ao bloqueio total de entradas de cidades ou Estados. É diferente da adesão voluntária da população ao isolamento social porque pode restringir a circulação de pessoas através de bloqueios e punições — de multas a detenção —, como ocorreu na Itália e na Espanha, por exemplo, diz a reportagem.

"O objetivo do isolamento das pessoas, voluntário ou compulsório, é reduzir as contaminações pelo coronavírus e ganhar tempo para que os sistemas de saúde possam atender os pacientes mais graves. Se muita gente estiver infectada de uma vez pode não haver leitos para todos — como já acontece em alguns Estados do Brasil que atingiram ocupação máxima de leitos de UTI."

"Temos aumento de casos, aumento de mortes e redução de isolamento. Não vejo outra solução a não ser tomar uma medida muito mais forte, muito mais extrema", diz Paulo Lotufo, epidemiologista da USP.

Leia a reportagem completa da BBC Brasil e os 7 erros que estão levando o País para o topo dos piores casos de pandemia e de gestão dessa crise, após o Brasil ter registrado 255,4 mil casos, o 5º país do mundo em maior número de infectados; e 16.853 mortos, o 6º país com mais vítimas fatais pela Covid-19 no mundo, até esta 2ªa feira, 18 de maio, só ficando abaixo dos Estados Unidos, Reino Unido, Itália, França e Espanha.

Coronavírus: os sete erros que põem o Brasil na rota do "lockdown", segundo especialistas.

Maiores índices de letalidade por milhão de habitantes no mundo

Fonte: statista.com - Posição em 18/05/2020.

Coronavirus Indice de letalidade dos paises 18 maio 2020

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Índice de letalidade por milhão de habitantes no Brasil

Fonte: Mortes: Ministério da Saúde. População: IBGE-Estimativa julho 2019 - Wikipédia.

Coronavirus tabela letalidade

Redes Sociais

 redetwiter redeface redeflick  redelinkedin

bannerbotton livro