Redes_sociais_no_trabalhoTwitter, Facebook, Orkut, You Tube, Messenger, qualquer que seja o endereço da rede social, além de ter virado moda e sinal de vanguarda, pode ser uma ameaça a empresas e executivos. O New York Times publicou matéria sobre o perigo de vazamento de dados empresariais e pessoais, por meio de sites de relacionamento.

Informações reservadas da empresa e dos executivos do Twitter foram expostas, quando um hacker decifrou a senha de acesso de um empregado. Isso acendeu a luz vermelha para quem costuma guardar informações na web. Muitos internautas e empresas costumam armazenar dados pessoais e industriais de e-mails em provedores, como Google, Yahoo, Hotmail e outros. Os hackers acabam descobrindo a senha do usuário, por meio de combinações ou tabulando coincidências, acessando esses dados reservados.

Estudo feito no ano passado pela Sophos, empresa de segurança americana, constatou que 40% dos internautas usavam a mesma senha de acesso para todos os sites. O ataque ao Twitter disparou o alarme. Algumas empresas usam um serviço do Google (o Google Apps), que armazena e-mails, documentos internos, arquivos e outros dados reservados. Esses documentos ficarão preservados até a hora em que um hacker quebrar uma das senhas.

Foi o que aconteceu com o Twitter. O hacker descobriu a senha de um empregado e entrou no programa Google Apps, acessando todos os dados, como projetos industriais e detalhes financeiros da organização. Até mesmo dados de cartões de crédito pessoais de empregados vazaram.

As informações confidenciais foram enviadas para dois blogs: TechCrunch, no Vale do Silício, e Korben, na França. Imaginem o estrago que isso causou. E mais: o hacker quebrou o sigilo do e-mail da esposa de Evan Williams, o executivo-chefe do Twitter, e a partir dela acessou vários dados confidenciais do titular.

Um dos blogs que abrigou as informações, o TechCrunch, informou, com base nos dados expostos, que o Twitter até agora não teve lucro. Projeta alcançar um bilhão de usuários e US$ 1,54 bilhão de receita em 2013. O executivo do TechCrunch informou à imprensa que tem mais detalhes estratégicos do Twitter enviados pelo hacker. Ele alerta para o cuidado que se deve ter com as senhas, evitando dados fáceis de serem descobertos.

“Usuários do Twitter expõem suas vidas em público”, diz Chris King, diretor de marketing da Palo Alto Networks. “Se você divulga todos os detalhes sobre o porquê do nome do seu cachorro e onde fica sua residência, não é difícil decifrar suas senhas”. Os especialistas em segurança alertam para se usar senhas complexas na internet, numa mistura de letras e números.  Eles chegam a sugerir o uso de respostas falsas para perguntas de segurança, tais como “Qual o seu primeiro número de telefone?”

O irônico do vazamento do Twitter é que o próprio hacker alertou para que as pessoas tomassem mais cuidado na internet. Em mensagem enviada ao blog francês, o engraçadinho escreveu que seu ataque poderia tornar os usuários de internet “mais conscientes de que nada está protegido na Net”. Pelo menos foi honesto!

Redes Sociais

 redetwiter redeface redeflick  redelinkedin

bannerbotton livro