jornais_colecaoA circulação média diária de jornais no Brasil no ano passado cresceu 5% na comparação com 2007. Passou de 4,14 milhões de exemplares para 4,35 milhões de exemplares, segundo o IVC (Instituto Verificador de Circulação).

O crescimento em 2007 e 2006 havia sido de 11,8% e 6,5%, respectivamente. Apesar de a expansão em 2008 ser menor que a dos últimos dois anos, o crescimento do mercado de jornais no Brasil tem sido maior do que a média mundial. A circulação média diária no mundo subiu 2,57% em 2007, segundo a Associação Mundial de Jornais.

Entre os principais jornais do país, a Folha registrou maior crescimento na comparação com todos os seus concorrentes diretos. Cresceu 2,87% sobre o ano de 2007. A circulação de O Estado de S. Paulo subiu 1,82%, e a de O Globo, 0,38%.

Para o incremento na circulação de jornais brasileiros contribuiu, certamente, o sucesso dos jornais populares, como Super Notícia, Meia Hora e Extra, com circulação média diária de  738.377 exemplares. Para se ter uma idéia, os três maiores jornais “nacionais” brasileiros tiveram tiragem média quase igual: 812.746 exemplares.

Os jornais de maior circulação média diária foram: Folha de S.Paulo (299.427 exemplares); O Globo-RJ (293.287); Super Notícia-MG (282.213); Meia Hora-RJ  (234.253);, Extra-RJ (221.911); O Estado de S. Paulo (220.032); Zero Hora-RS (187.220); Diário Gaúcho-RS (167.125); Correio do Povo-RS (157.543) e Lance-RJ (121.820).

Redes Sociais

 redetwiter redeface redeflick  redelinkedin

bannerbotton livro