El Pais esquema para o Natal dez 2020Chegamos ao fim do "pior ano de todos os tempos", segundo a revista Time. E com ele, a ameaça de as festas de Natal e Ano Novo se tornarem o estopim de uma nova onda de contágio do Coronavírus, como estamos assistindo agora nos EUA, após o tradicional feriado de Ação de Graças. É o que infectologistas, profissionais de saúde e autoridades sérias e comprometidas têm alertado nos últimos dias, no mundo todo. Na última semana, os americanos bateram o recorde diário de mortes, desde que a epidemia começou, em março. Foram 3.124 mortes na 4ª feira, dia 9 de dezembro. E 220 mil notificações de contágio. O jornal espanhol El País produziu um didático artigo com protocolos rigorosos para seguir, neste fim de ano, com o objetivo de evitar o contágio e, em consequência, o aumento de infecções, que irão pressionar os hospitais e as equipes médicas.

Na Alemanha, a chanceler Angela Merkel fez um desabafo emocionado, sobre a ameaça do fim do ano: "Se a gente não diminuir os contatos e esse for o último Natal que passamos com nossos avós, a gente vai ter falhado. Não podemos deixar isso acontecer." E acrescentou: "Não podemos aceitar quase 600 mortes um dia e no outro dia, e de novo".

"Como frear o Coronavírus no Natal", pergunta o El País. "Essas festas serão perigosas e espera-se que o contágio por Covid aumente. Mas existem alternativas para minimizar os problemas que podem surgir em cada situação. Pense bem sobre a sua celebração e aplique as restrições que propomos".

"Não existe bala de prata que impeça o contágio. É a soma de medidas que se complementam. Máscaras, álcool gel, distância de segurança, ventilação ou higiene são como camadas porosas de proteção que, juntas, impedem a infecção. A mesma coisa acontece com o Natal. Quanto mais nos afastamos do ambiente seguro - sozinhos em casa - mais medidas teremos que tomar para minimizar o perigo. Nunca haverá risco zero. Mas se vai ser comemorado, é melhor ter as melhores ferramentas para remover situações desnecessariamente arriscadas da equação."

"Nenhuma medida é perfeita para impedir a propagação do vírus. A melhor proteção é adicionar todas ou quantas camadas ao nosso alcance".

Leia a reportagem completa do El País, com gráficos e recomendações de infectologistas para evitar que as nossas festas se transformem num agente de contaminação.

Cómo frenar al Coronavírus en Navidad

________________________________________

Outros artigos sobre o tema

Com vacina, britânicos perguntam: quando a vida será normal?

Baby Boomers, a geração que não merecia o Coronavírus

Os guardiões do atraso num país à beira de um ataque de nervos

 

Redes Sociais

 redetwiter redeface redeflick  redelinkedin

bannerbotton livro